terça-feira, 29 de abril de 2008

Guarda-Redes indiscutíveis

No final do passado Novembro, vira-se às tantas um adepto do Nantes para outro:

- Ainda non acrredito que andamosch agórra a jogarre na 2ª division, quoi…
- Epá, moi non plus! E fômosch nós champions em 2001…
- É verrdade. Mas nada se aprroveitává. A equipe era nulle.
- A comessárre nos guardiens, pá. Stojković foi un fiásco. Até o nosso puto Vincent Briant lhe tirrou rapidament a titularridade!
- Si, mas náu te esquêçasch que, malgré tout, somosh a melhôrre escola de football de França e uma dasch melhorresch d’Eurrópe.
- Ok, mas o Vincent também não érra rien de especialle.. lembrra-te que foi prreciso irre buscárre o Barthez em Janêirro.
- Pois foi. E de nádá valeu. Escuta, bon bon érra terrmosch um guardien da categorria do Guarda-Redes du Spórrting de Lisbonne. C’est Grand jogadorre!
- Ah oui? Como se chama?
- Náu sei bien, pá. Vi-o ontem jogarre contra o Manchestert United en Old Trraford…

4 comentários:

Yazalde disse...

Bonita fábula paulinho.
O tal adepto só não via os resumos dos jogos da liga das apostas.
Mas em todo o caso tal vem demonstrar que não dependem os resultados só dos GR, como no Sporting, mas dependem muito de quem os escolhe, daí já ter referido a falta de um presidente à altura para lidar com a situação.
Não sei se a sérvia é de facto uma selecção muito fraca no que diz respeito a GR, mas o de portugal também só é titular na selecção e não num clube do meio da tabela de espanha.
Já agora espero que o nantes não seja exemplo para o Sporting.

PPA disse...

Como se destrói um jogador e uma equipa!

Os mesmos que o trouxeram para o Sporting, onde fez parte de uma super equipa que limpou tudo, quiseram depois levá-lo para outra paragens como bandeira eleitoral, capaz de transferir para esses lados o domínio do futebol Português, aproveitando uma curta fase de 3 anos em que o POLVO esteve mais adormecido.
Nessa altura, com um Jardel em forma era meio caminho andado para se ser campeão.
Na impossibilidade de concretizar a porca “transferência” recorreu-se à política da terra queimada, metendo o ingénuo Cearense no mundo do jogo, droga e prostituição.
Destruí-se um homem e desfez-se uma grande equipa, que tinha todas as condições para se assumir no comando hegemónico do futebol Nacional pelo menos por uns anos.
Jardel deu uma triste entrevista, onde só pode meter pena:
Quero acreditar que se recupere para a vida como um cidadão comum, mas temo que acabe como o Vítor Baptista, a viver numa barraca e a mendigar esmolas e um prato de sopa.
Gostava que Jardel pusesse os nomes aos bois, nesta história das más companhias que o arrastaram e enterram no sub-mundo, apesar muitos de nós sabermos perfeitamente quem são!

http://bola-na-trave.blogspot.com/

Pantera disse...

O tema Jardel merecia por si só uma valente posta...mas quem são?? Diz lá sff

PPA disse...

Passadeira vermelha para a Liga dos Campeões

O Sporting não vai poder contar com o artilheiro Liedson para o jogo em Paços de Ferreira, sendo inclusivamente muito difícil a sua recuperação para a 30ª Jornada diante do Boavista em Alvalade.
Com Liedson aleijado e Derlei castigado, o Sporting tem assim grandes carências no ataque para defrontar os Pacenses, ainda para mais porque do outro lado vai estar uma equipa reforçada com uma estrela de peso, de seu nome Bruno Paixão Lampião.

Situação preocupante, pois somos obrigados a vencer em Paços de Ferreira, sob pena do Benfica nos ultrapassar na tabela, uma vez que esses já têm os 6 pontos garantidos, por gente que dá garantias:
- Proença na Amadora;
- Paraty ou João Ferreira (“o João, pode ser o João”) na recepção ao Setúbal.

Num jogo (Sporting – Marítimo) onde se assinala um penalty forçado, mas onde de facto se agarra a camisola, mas se ROUBA outros 2 penalties, um dos quais instantes antes do assinalado, lá foram os Choramingas “à Polícia” reclamar, apenas com o intuito de lançar a confusão e tudo fazer para condicionar e manipular o jogo Paços – Sporting, onde o sistema não quer deixar o Sporting passar.
Toda esta situação só acontece porque o Sporting teve aquela derrota vergonhosa em Leiria, mas é triste mais uma vez o sistema cozinhar a classificação.
Mostrem antes o DVD do Benfica-Sporting (Pedro Henriques) e do Sporting-Benfica (Paraty); ou se quiserem do Paços-Benfica ou ainda do penalty fidelidade que o Lucílio lhes deu o ano passado em Aveiro mesmo no fim do jogo!
Mostrem também o que o Rui Costa fez no Bessa!

http://bola-na-trave.blogspot.com/