quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Leonardo Jardim

Transcrevo uma posta do Leão da Estrela de hoje no Facebook...
"O futuro do treinador do Sp. de Braga, Leonardo Jardim, parece evidente: tanto pode ter sucesso como pode ser contratado pelo Sporting e desaprender, não chegando ao próximo Natal. Nas últimas décadas, costuma ser assim com muitos e bons treinadores portugueses e estrangeiros que chegam a Alvalade. Enquanto o Sporting Clube de Portugal não souber os motivos dessa história triste jamais encontrará um futuro glorioso."

Não sei, de facto, se um dia o Sporting não se vai ver mesmo na contingência de não conseguir ninguém que esteja disposto a juntar-se a esta estrutura de loucos.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Glória, petróleo, gás natural e soluções das arábias

Toda a gente perora sobre a necessidade de encontrar capital que ajude o Sporting a sair do buraco financeiro e a sustentar a sua actividade. Parece que o pequeno percalço da falta de fundos e da falência técnica foi obra de há bocado. Parece que não houve sucessivas direcções desde há perto de duas décadas que afirmaram ter "descoberto" a solução para este problema para logo se provar que falharam redondamente. Inclusivamente a actual.
Mas, de repente, volta-se a falar de forma muito acalorada em tudo isto. Árabes e russos estarão a espreitar o "negócio". Angolanos e chineses são também hipótese. Um ex-dirigente preconizava que é preciso algum endinheirado que goste do clube e se chegue à frente. Isto diz bem da qualidade dos dirigentes que têm passado pelo Sporting.
Neste contexto, deixo aqui uma série de perguntas, daquelas singelas, que decerto vão merecer comentários veementes e análises complexas e acaloradas...
Será que alguém se lembrou de pedir o dinheiro necessário aos sócios e adeptos do Sporting? Será que ainda há alguém que se lembra de que há sócios e adeptos do Sporting, capazes de tudo pelo Clube? Acham que haverá alguém que goste do Clube mais do que os sócios e adeptos do Sporting? E já alguém fez as contas para apurar quanto seria, de facto, necessário e durante quanto tempo para recolocar o Sporting numa situação financeira saudável? Será que alguém alguma vez pensou a sério nisso? E será que o contributo dos sócios e adeptos não poderia ser significativo ou mesmo decisivo? Alguém sabe, de facto?
Já alguém analisou as razões pelas quais estas contas nunca foram feitas e os sócios nunca foram chamados a contribuir para uma solução financeira do Clube? E já alguém tentou perceber as razões fundas pelas quais, logo que a bola bate na trave, os sócios e adeptos do Sporting se afastam? Não será que os sócios se afastam porque sabem que não têm voz no Clube e que o que se cozinha nos gabinetes da SAD tem um único objectivo: sacar-lhes o que puder ser sacado, seja como for, sem lhes dar nada a não ser o privilégio de serem "sacados"? E será que os dirigentes (os actuais e os anteriores) imaginam que a gente não sabe que o saque é feito em nome da nossa paixão, mas que, do outro lado, sabemos que essa paixão não é de todo correspondida? Lembram-se da "Operação Lugares de Leão"?
Sem sócios e adeptos com voz activa no Sporting não há, nem nunca haverá, solução para o Clube. Com ou sem árabes, chineses ou russos, sem sócios e adeptos com voz activa, o Sporting vai descer ainda mais baixo e, a nós, restar-nos-á recordar os bons tempos, os tempos de glória e dos grandes feitos. Os tempos em que o Sporting era dos sócios...

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Das maravilhas da gestão empresarial, o modelo inglês e os investidores/salvadores

Depois do histórico Rangers é a vez do igualmente histórico Portsmouth ter ido ao ar. Pela segunda vez em três anos.

Mas porquê, mas porquê?

O Sporting e o Porto jogaram para as competições europeias ontem, quinta-feira, e voltam a jogar no Domingo. O Benfica, que jogou para a Liga dos Campões na quarta-feira, só volta a entrar em campo na segunda.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Profundo desprezo

Há um comediante americano que aprecio bastante chamado Steve Wright que num dos seus espectáculos dizia que estava ter a sensação de déjá vu e amnésia ao mesmo tempo. E que já se tinha esquecido disto antes.
Hoje lembrei-me de tudo isto, não sei porquê...
Godinho Lopes: para ti a expressão mais sentida do meu mais profundo desprezo.

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Maio

Este ano, antes da final da Taça, não nos encontram nas roulotes do Estádio Nacional. Não. Este ano encontram-nos a assar febras e chouriços, quem sabe mesmo um porco inteiro, algures na mata do Jamor.

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Conclusão lógica

O Projecto Roquette tinha como objectivo declarado libertar clube dos mecenas. Acaba a procurar um sheik ou um magnata com dinheiro.

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Sol na eira e chuva no nabal

Godinho Lopes projecta uma campanha para chegar aos 200 mil sócios ao mesmo tempo que ambiciona alienar a posição maioritária do clube na SAD.

Apurar responsabilidades para quê?

Rui Oliveira e Costa com a perspicácia e a inteligência a que nos habituou recusa procurar responsabilidades. Nada de novo. O Pedro Varela, no Bancada de Leão, diz praticamente tudo o que há para dizer sobre esta coisa, a que chamamos auditoria, SAD, Projecto Roquette, direccção ou a hidra, como se queira.