segunda-feira, 8 de junho de 2009

O estado de graça já acabou

Pois é, agora é a pagar. Já não é de borla. Agora ter um presidente custa-nos um balúrdio de massa e é mais uma despesa que os contabilistas vão ter de registar na coluna do "deve". O sportinguismo está finalmente tablado.
Os sportinguistas que embarcaram no novo estilo "avantgarde", sem saberem de todo o que lhes reserva o futuro, acharam que era bom "profissionalizar" a presidência. Têm agora um problema do caraças entre mãos. Sufragaram uma candidatura com justa expectativa, mas se a candidatura não cumprir, manter a justa expectativa só recorrendo à justa causa do despedimento.
Esperemos que pela via da flexisegurança seja agora possível corrigir o que não foi possível pela via da democracia associativa.
Vamos ver que modelo de Sporting vai saír desta "estrondosa" vitória. Vamos ver com que estranhos "bedfellows" os sportinguistas vão ter de partilhar o futuro. Vamos ver que interesses se sobreporão a que interesses. Vamos ver que novas cabeças ganhou a Hidra...
Vamos ver o que estarão os Sportinguistas a discutir daqui a uns tempos depois da "estrondosa vitória" revelar todos os seus contornos.
Cá estaremos para pedir contas e apontar o dedo, sem receio.

16 comentários:

Pedro Nogueira disse...

Não me admira nada que este blogue (do qual eu sou leitor) seja o primeiro a dizer que o "Estado de Graça" já acabou. Ao menos não se converteu em arauto da neutralidade, como outros blogues de grande audiência ...
Ainda mal o homem se sentou na cadeira já se começa a espalhar veneno?

SL

Stan Valckx disse...

Não vejo veneno nenhum, apenas uma responsabilização pelo salário que vai ser auferido.

Por outro lado é difícil responsabilizar quem não se comprometeu com nada, excepto com o plano financeiro. Mas aí quem pede responsabilidades é a banca.

Anjo Exterminador disse...

Caro Pedro Nogueira: continue a ler a Roulote. Temos antídoto para o veneno, exclusivo para os nossos leitores mais amigos.

Pedro Nogueira disse...

Claro que continuarei vosso leitor.
O veneno devia ter vindo com as aspas. Mas se quiserem mudem o nome para amargura. Bem sei que Bettencourt não era a vossa escolha. Mas não podem dar-lhe ao menos dar o beneficio da dúvida?


SL

Anjo Exterminador disse...

Caro Pedro, sem querer estar a fazer aqui (juro que não é essa a minha intenção!) conversa barata, nem meter-lhe um labéu em cima antes do tempo, acho que o JEB já vai ter imensos benefícios.... Espero que os mereça.

seismilhoes-UM disse...

MID?

OLeãoRampante disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
OLeãoRampante disse...

hehe

Este Blog chegou ao ponto, já bem longíquo, de dizer mal por tudo e por nada.


O que era suposto ser um Blog, e digo isto com muita sinceridade, passou a ser um diário de bordo, um género de "Agenda da Mafalda".Nuns tempos que já lá vão, em épocas festivas, até havia pra lá um anúncio que cantava assim:" A MINHA AGENDA, A MINHA AGENDA, TRÁ TRÁ TRÁ LÁLÁ". Aliás, o que vale é que aqui é sempre Natal, ou Carnaval...Páscoa não será com certeza se não Jesus Cristo vinha à Terra!

Viva o Sporting!

Luizinho disse...

Caro Leão Rampante,

Uma das vantegens de termos um blogue é que podemos escrever o que nos apetece quando nos apetece. E não há nada que pague isso.

SL

OLeãoRampante disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
OLeãoRampante disse...

Mas isso é claro.Também eu tenho o meu e escrevo o que quero. Eu aqui faço o meu papel de sincero comentador. Não me escondo atrás de uma cortina anónima.
Sublinho que, se de início, quando comecei a frequentar o Blog até concordava com algumas coisas que se iam dizendo, julgo que neste momento já se fazem posts a criticar por tudo e por nada.

Nada é perfeito, não se esqueçam.

Por exemplo.

Eu também conheço o episódio do Dias Ferreira a abarbatar-se do tempo que seria devido a outros associados. Mas caramba! Temos que analisar a relação custo de benefício que o Dr. Dias Ferreira tem tido ao serviço do Sporting. Também eu já o critiquei (ninguém é perfeito...) mas também nunca me vou esquecer de quando ele, no programa da RTP1 PRÓS E CONTRAS, confrontou o Valentim Loureiro com idas a cabines de árbitros e muito mais. Isto num canal de generalista e num programa bastante visto por toda a população portuguesa. Talvez vocês, pelo vosso Sportinguismo de que nada duvido, queiram que o Nooso Clube seja gerido de uma maneira 100 % eficaz e sem erros. Perfeito portanto. Mas isso não existe, e teremos sempre de por as coisas em perspectiva. Qual é o custo? Qual o benefício? Qual pesa mais a curto e longo prazo.
As análises têm de ser ponderadas, pragmáticas, para que se chegue a bom porto, para que as conclusões não saiam enviesadas e que nos permitam ter uma visão mais clara do que queremos e de como queremos as coisas e a meu ver, não é isso que se tem passado aqui.

Já agora, e para puxar por vocês, o que pensam desta ideia do Bettencourt a incitar atletas do Sporting e outras figuras públicas a fazerem-se associados?



Viva o Sporting!

Anónimo disse...

leão rampante, explica lá então o porquê ou como foi possivel que o passivo passa-se de 15M para 360M? Tens alguma explicação para isto?

sl.

OLeãoRampante disse...

Que eu saiba, a academia e o estádio não foram de borla...

Anjo Exterminador disse...

Ó Leão Rampante, eu escrevi noutros tempos (há muito tempo!) e noutro sítio, que o Sporting precisava (e continua a precisar!) de UNIDADE!
Apesar da quase unanimidade, o Sporting está longe da UNIDADE.
Mesmo a quase unânimidade vai estalar quando esta falta de UNIDADE se fizer sentir.
Não há nem houve nenhuma candidatura que conseguisse introduzir a questão da UNIDADE por forma a criar verdadeira... UNIDADE!
E enquanto isso não acontecer, e enquanto quem tem poder para criar UNIDADE o não o fizer, as clivagens vão sempre estar à mostra.
Por mim não as escondo por mais promessas, cambalhotas, sorrisos e entusiamos de plástico que me queiram impigir.
Quando detectar VERDADEIRA vontade em torno da criação da UNIDADE Sportinguista serei o primeiro a escrever aqui ALELUIA!! (fica até já prometido o título do post...!)
Até lá todo e qualquer podre que este ou outro qualquer poder instituído no Clube demonstre conter; todo e qualquer factor que possa conduzir a mais uma era de mentira, de golpaça e de exploração do SCP e dos Sportinguistas (mesmo os que pensam que eu estou contra eles ao escreveer o que escrevo...) para fins inconfessáveis será por mim denunciado.
Nenhuma candidatura, nem nenhuma figura está acima de crítica e então se já tiver ultrapassado o "estado de graça" antes de o poder gozar, muito menos.
Por mim o Bettencourt não vai ter vida fácil.

OLeãoRampante disse...

90% não é unidade? Que outro lugar poderia haver, para melhor demonstrar unidade, que numa votação, onde o voto
é até, anónimo?

Anjo Exterminador disse...

Não Leão Rampante, 90% não é unidade.
Tens inúmeras provas de unidade construída em cima de minorias, e falta dela assente em amplas maiorias.
A aritmética da unidadde é infelizmente mais complexa do que o esse argumento...