terça-feira, 19 de abril de 2011

Uma tremenda desilusão

Falei de Bruno de Carvalho antes das eleições em tons de esperança. Falo agora em tons de desilusão. Ao que parece, de acordo com o que foi noticiado em vários jornais, o candidato desistiu. Espero não estar a cometer um enorme injustiça, mas tudo isto me parece muito fraco, com pouca aderência ao terreno e perigoso para o futuro do meu Clube.
O Sporting está agora nas mãos de aventureiros legalmente investidos no seu papel.
Arrumado que está, como parece, o caso das eleições, volto à primeira forma: o meu candidato, aquele que melhor interpretou o que me parecia serem as necessidades de alteração de rumo no Sporting, não venceu, o Sporting segue dentro de momentos...
Não deixarei de reflectir sobre tudo isto e de extrair as devidas conclusões de todo este processo. Para já, fica uma tremenda desilusão. Cá nos encontraremos daqui a uns tempos...


PS- Uma adenda a este post. Há um sinal em todo este processo que me parece bastante revelador. Bruno de Carvalho foi capaz de criar um élan, ainda como candidato, que nenhum outro conseguiu. Há muito que não se via tanto entusiasmo em Alvalade. Conseguir mobilizar os Sportinguistas como o BdC fez é obra e é particularmente revelador do seu carácter. A actual direcção, é possível prevê-lo com facilidade, nunca será capaz de suscitar esse entusiasmo e deve ter ficado à rasca quando viu aquela resposta.
Porém, já não me parece possível recriar esse momentum original. São coisas que têm um tempo e uma estratégia de execução que é impossível recriar. Tudo isso se perdeu.
É a perda mais grave de todo este processo e a razão mais forte, confesso, para a desilusão.

9 comentários:

André Cruz disse...

Sinceramente não acho que fosse possível o Bruno de Carvalho fazer grande coisa nos próximos tempos. Resta esperar pelas próximas eleições e desejar que este presidente que temos consiga ultrapassar-se. Uma coisa é certa, eles viram a presidência fugir-lhes por um fio, ou trabalham bem para a próxima época ou arriscam-se a não terminarem o seu mandato como o outro que tinha 90% de votos.

Anjo Exterminador disse...

Eu acho que não me terei feito explicar bem, mas insisto: há aqui um certo sabor a vazio e a falta de estratégia para o dia seguinte. Desistir da acção resumir-se a dizer que não vão agir para "não prejudicar o Sporting" não é táctica nem estratégia, é falta delas.
E, pelo menos, devia haver uma explicação aos apoiantes. Esta foi uma eleição muito participada e badalada, dentro e fora do Sporting e não se gere sem um plano B, uma estratégia clara e previamente estudada.
Posso estar enganado, nota. Adorava estar enganado. Mas cheira por todos os lados a nabice, a improviso e a uma certa insustentável leveza de actuação...
Espero que vocês me possam um dia dizer: enganaste-te! Ficava satisfeito, acredita.
Para já temos aquilo que não merecemos: um bando de aventureiros voltou a tomar conta do Sporting! Não vão durar. Mas, voltamos ao mesmo: qual vai ser a alternativa?

Anónimo disse...

deixem-se de tretas, acompanhem a gestão do homem e apontem as falhas, agora não sejam forças de bloqueio, nem armem boicotes só porque não gostam, o meu voto foi fracionário, votei mais nas pessoas do que em projectos, que me pareceram todos demasiados demagógicos, ganhei em 3/4 dos boletins de votos e agora é mãos à obra senhores... sporting sempre

Barbosa disse...

Fê-lo no FB dele:
http://www.facebook.com/notes/por-um-sporting-sem-complexos/comunicado-integral-de-19042011/124354830976454

TSF:
http://www.tsf.pt/PaginaInicial/Desporto/Interior.aspx?content_id=1833962

Anjo Exterminador disse...

Barbosa: obrigado.
Que dizer? Eu conheço isto. São declarações de circustância. Não acrescentam nada aos meus receios...

DESPORTO ALENTEJO disse...

VOTE NO VILARREAL NO BLOG:

http://www.montemor-evora-arraiolos.blogspot.com/

PEÇO O FAVOR DE DIVULGAREM SFF.OBRIGADO

Anónimo disse...

Acredito que esta nova direcção poderá voltar a unir os sportinguistas. Sem dúvida que as acções que GL tem vindo a promover têm agradado a todos, a presidência aberta só beneficia o clube e os sócios.

paulinho cascavel disse...

Anjo Exterminator,

partilho a amargura. Porém sou levado a compreender a decisão dele e adaptar-me às evidências, ou seja, é compreensível que BdC pense que o Sporting não pode sair do país em que vive nem é diferente deste nas suas gentes.
1. A justiça e a verdade são debeladas pela lentidão dos tribunais e forçam, muitas vezes, ao abandono das causas aqueles que as buscavam por essa via.
2. A falta de cultura democrática leva, neste caso, a que a parte privilegiada - a que ficou com o poder - pudesse, com certo à vontade, aniquilar a força da "parte excluída" manobrando, em cima de uma certa pré-condição de vassalagem e seguidismo dos adeptos, com discursos demagógicos em torno da união e responsabilizando-a por quaisquer fracassos seus. Aliás, basta ver como se comportam por aí alguns idiotas só perante o facto de ele ter recorrido à via judicial mesmo sendo esta já a única saída legítima para reclamar pelos direitos dos sócios que não pactuam com graves falhas de organização das eleições e que pautam pela transparência que não houve.
É normal por isso que ele queira proteger-se a si mesmo, tendo em conta que para ele a luta não terminou.

Mas isto é um raciocínio que pode ser falso. Não estou nada certo, apesar de tudo, que a maioria dos sócios que votaram esteja de acordo com esta decisão, nem tampouco estou certo que se ele tivesse continuado, por mais tempo que durasse o processo, ele viesse a ser penalizado pelo que disse acima. E, o mais importante, era que ficaríamos a saber o que realmente se passou ou não se passou. Por isso também não apoio esta decisão


Para concluir, acho que mesmo optando ele por não desistir agora o élan de que falas teria se esbatido com o tempo. Por isso agora já não vale a pena lamentar-me disso. Foi uma onda bonita que acabou.

Anjo Exterminador disse...

"Foi uma onda bonita que acabou", o bom líder, o líder que a gente precisa para o Sporting, não deixava acabar. Vamos dar o benefício da dúvida, ainda assim...