domingo, 15 de novembro de 2009

No aproveitar é que está o ganho

O Carvalhal vai sempre aparecer como segunda escolha. O processo de contratação do novo treinador foi tão mal conduzido --como foi aliás o processo com o treinador anterior-- que a imagem que ficará sempre dele é esta. Vamos ver como Carvalhal vai conseguir lidar com tudo isto. Não é um bom começo e compromete, de certa forma, o seu trabalho logo à partida.
No que respeita ao Sporting e à sua condução tudo tem sido até agora feito com os pés e tresanda a amadorismo. E, no entanto, há uma legitimidade inequívoca neste presidente e foi-lhe dado um aval tácito para agir.
Dito isto, espero que Carlos Carvalhal tenha todo o sucesso do mundo e que este presidente recoloque o Sporting nos carris do sucesso. Espero que saiba ganhar bom senso e que cumpra o papel de um Presidente do Sporting, aglutinando os sportinguistas, pondo fim a divisões, que pacifique, reforme e proceda a uma gestão correcta do Clube. É para isso que foi eleito e é para isso que recebe o ordenado.
Como Presidente da Direcção do Sporting JEB tem sido um total desastre. A partir daqui chega de marialvices e emotividade barata e, sobretudo, de amadorismo.
JEB, tens uma chance mais. Aproveita-a!

5 comentários:

Anónimo disse...

Será que JEB quiz com esta contratação criar o clima para o retorno de PB daqui a uns meses...? Ou será que ele está a provocar a geração de um clima de instabilidade total para ter o pretexto para sair sem ter de dar ar que está a baldar-se às responsabilidades que assumiu...?
Em que é que o Carvalhal é melhor que o PB? Em que é que o Carvalhal constitui uma alternativa a PB?
O que é que se está a passar no Sporting?!
ML

paulinho cascavel disse...

com a debandada da estrutura do futebol o Bettencourt tinha uma chance. Uma grande chance! Montar uma equipa séria, decente e competente. E desperdicou-a. mandou-a às urtigas. o menino Salema Garção?? Carvalhal?? Se a primeiro é um vómito que vou saltar por cima, abstendo-me de comentar, já a escolha do carvalhal só pode significar uma das hipóteses do comentador anterior. Ou então que um presidente que não percebe um cú de futebol contratou um treinador à sua semelhança.
Sendo realistas, Carvalhal nunca seria um treinador ideal para o Sporting. Muito menos agora em que não podiamos falhar e em que era necessário um tipo minimamente "consensual". Queriam um treinador à pressa? Aqui têm.
Não sendo realista, então Allez Carvalhal Allez!

ML,
o que se está a passar é o resultado natural e previsível das políticas e da gestão levadas a cabo pelos orgãos eleitos pelos sócios. Não quiseram acreditar, os 2ºs lugares deram para irmos vivendo numa mentira, mas um dia a feroz e duradoura corrosão tem os seus efeitos.

Anjo Exterminador disse...

Esclarecimento: a intenção da minha posta é a de não poder ser acusado de terrorista pelo JEB. Dou-lhe o benefício da dúvida, sem deixar de criticar duramente as asneiras que tem feito.
E digo-lhe sem rodeios: não tem segunda hipótese! Se falhar esta estranha e temerária solução que foi encontrada pode começar a fazer as malas. Você corre o sério e real risco de ser o presidente de mais curta duração da história do Sporting.

Anónimo disse...

O JEB tem um discurso tão grosso (faz voz grossa nas conferências de imprensa e só diz coisas grosseiras...), mas parece, apesar de tudo e na prática, não passar de um incapaz.
Pena...

Pantera disse...

Dia muito triste este! Isto é muito mau! Quando não queria que despedissem o PB, era precisamente por recear esta situação...escrevi no comentário da posta do despedimento do PB: "Confesso que não estou assim tão eufórico! É certo que os resultados e as exibições estavam a ser miseráveis e o discurso estava desgastado, mas tenho algum receio do que possa vir ai. Se as nossas contratações de jogadores costumam ser medíocres, não estou a ver acertarem assim num treinador com a época já em andamento...o que é bom está ocupado! E para desocupar é preciso dinheiro, coisa que não há por aquela bandas!"

Foda-se que merda:(