terça-feira, 6 de outubro de 2009

A (de)Missão de Paulo Bento

Sábado, 20h30. No telejornal da RTP1 surge uma notícia de um sujeito que fora militar, polícia e mais não-sei-quê e que havia decidido tudo abandonar. Não tinha nascido para aquilo. Ao microfone conta-nos como explicou à namorada qua afinal havia Outro e que era o momento de romper, assumir o chamamento e abraçar antes o Sacerdócio. Mais depoimento menos depoimento a peça jornalísitica chegava ao fim. O 70x7 travestido de Telejornal prosseguiu com notícias sobre vítimas de um terramoto e outras tretas de menor interesse mas eu continuava "ligado" à notícia...
**********
O Paulo Bento tem de ter qualquer de coisa especial. É uma espécie de special 'one thousand and one'. Primeiro de tudo, é um fofinho. Se fosse um animal, embora da família equus asinus, seria arraçado de Koala e possível de se apadrinhar. Quem não nunca viu cafés com preços indexados ao Paulo Bento, gente com um Paulo Bento no porta-chaves? Se o Jorge Gabriel é o neto predileto das avós portuguesas, Paulo Bento é o tio preferido dos sobrinhos. Quem não acha piada ter um tio com aqueles trejeitos, aquela autonomia linguística, de quem levamos uma bolachada se nos sentarmos no cadeirão dele mas que, sempre ao despedir-se, dá 20 euros pro gelado? É um bom homem, com certeza. Se fosse uma empregada doméstica era uma beleza. Podia partir uns pratos de vez em quando mas... puxa, quem abriria mão de alguém tão dedicado, com vontade, esforçado, de tamanha confiança?
Se houvesse uma Liga da Honestidade Paulo Bento era penta-campeão ("ninguém lhe pode acusar de não ser honesto", atirava um repórter depois de PB classificar como a "pior exibição de sempre" o jogo em que a Alemanha ficou a saber que o nosso treinador ainda é o mesmo do pior resultado de sempre). Eu próprio, dou por mim a começar as frases com um "Como homem nada contra, sim senhor...".
Enfim, o único senão nesta porra toda é que PB ganhou a maior parte do seu respeito e autoridade com base numa série de pressupostos (o contexto todos sabemos) que pouco têm a ver com a suas capacidades técnicas enquanto treinador de futebol. Paulo Bento em termos tácticos e fluidez de jogo é mau demais. A gestão e recrutamento de talentos é uma nulidade. O futebol há muito estava moribundo e agora já morreu. Acabou. E isto é capaz de ser importante.
**********
Paulo Bento deveria perceber que o seu estatuto está sustentado em pressupostos errados e os seus méritos não lhe salvarão os créditos que ainda lhe restam. Paulo devia fazer como o padreco e retirar-se! Que reflicta. Que tente escutar rapida e tardiamente o chamamento interior enquanto vai retardando (se contendo?) o chamamento exterior. Se vai para o estrangeiro, para dirigente, para político, se vai pra o Paulo Bento Sport Clube ou pro raio que o parta, tanto faz. Mas que se vá de treinador do Sporting!!! É que aqui tem de estar o melhor.

7 comentários:

fantasma do Óculo disse...

Belíssimo post, Paulinho. Como é costume, aliás. É com pena que vejo que o tempo do Bento esgotou-se. Agradeço-lhe o que fez de bom e acho que merecia o prémio de ter sido campeão. Infelizmente não aconteceu.

Abraço Leonino!

Anónimo disse...

O peseiro é que era! Bom futebol e zero titulos. O Bento é teimoso. Qd deixar de o ser vai ser um grande treinador. Abraços Leoninos de um Sportinguista sempre com o Sporting!

Virgílio disse...

Paulinho:

Não foi agora q o futebol do SCP morreu. Faleceu, depois dos doze tiros que uns bávaros loiros, fortes e maus comos as cobras (excluindo as cascavies, claro), espataram no bucho do PB em pelnos oitavos-de-final da CL...

Nesta época tem-se passeado o respectivo fantasma, que não o do meu amigo do Óculo, obviamente! ;)

paulinho cascavel disse...

Caríssimos leõs,
Se mereciamos ser campeões terá sido logo no 1º e 2º ano. Depois disso, nunca tivemos verdadeiramente lá perto.
E o que está a acontecer, sinceramente, era o mais previsível A 'estabilidade' na verdade estava a congelar a equipa. Eu comecei a perder a fé neste treinador na final da Taça da Liga contra o Setúbal. Contra o Bayern foi talvez o fim da esperança, a morte cerebral. E aí já não se consegue ignorar as evidências. Pensar num futuro com este futebol é uma ilusão atrás de desilusão. Andamos apenas ligado à máquina rezando para que a morte venha lentamente quando está à frente do nosso nariz.
Dizer que com estes jogadores não se fazia melhor é uma ofensa aos próprios, aos treinadores e ao clube! Além do mais quem preferiu o Djaló ao Varela não foi o orçamento, só pra dar um exemplo.

Anónimo, eu não quero o Peseiro de volta mas já que queres comparações,
As principais razões de existência do Sporting são:
1. Ser tão grande como os maiores da Europa
2. Ganhar títulos (incluíndo campeonatos - esta não é opcional)
3. Praticar o melhor futebol em Portugal

Num ano o Peseiro conseguiu a 1ª e a 3ª. O Paulo Bento em cinco anos conseguiu taças e 45 minutos contra o SLB. Quando ele for um grande treinador avisa-nos que é para ele vir pro Sporting. Até lá boa sorte, mas a mim só me interessa o Sporting

Abraços leoninos!

André Cruz disse...

http://www.youtube.com/watch?v=6UfbIp2jdHQ&feature=related para nos lembrarmos que não estamos sozinhos.

Anónimo disse...

O Sporting não vai ganhar o campeonato. Este ano nem em segundo lugar fica.
Então para quê mudar o Paulo Bento?
A Administração tem de ter coragem e dizer que comunicou ao Paulo Bento que não havia dinheiro para comprar jogadores.
O Paulo Bento, como é um homem sério, grato ao clube e não cospe no prato onde come, não denuncia a situação e leva sózinho com a ira dos sócios e adeptos.
Como médios de ataque e avançados, presentemente o Sporting só tem um jogador de qualidade, que é o Liedson, mas já tem 32 anos!
O Moutinho é habilidoso mas é muito pequenino; não tem altura nem peso para o tipo de futebol que se pratica em Portugal.
A defesa, tirando o Carriço, é o que se sabe.
E é o Paulo Bento que temn culpa?

paulinho cascavel disse...

O P^B não é o mal do SCP. mas ele é o culpado por jogarmos uma granda merda. Eu não me lembro de nada assim, nem com os 3 trincos do octávio. E mm cingindo a um plano materialista, com PB, os jogadores não se rentabilizarão, as receitas serão em centímos, os adeptos cada vez mais longe de pagarem, etc- etc. etc. eu já deixei de acreditar. é a pensar nos jogadores e no Sporting do futuro que eu acho útil uma chicotada psicológica. Se não achasse as coisas tão negras então dava-te razão: as pessoas votaram num projecto com PB então assim será até ao final da época. Agora se é pra se precipitarem e irem buscar azelha mentecapto qualquer nao vale a pena. A meu ver era meter alguém ligada ao Sporting (um Pedro Gomes?, alguém disponível e que se comprometesse apenas temporariamente)e, se for necessário, esperar, nem que seja até Junho, até encontrar um treinador à altura.