quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Princípio de Peter

e precipício do Sporting...

E agora? Terá esta extra ordinária personagem capacidade para continuar a exercer as importantíssimas funções de team manager?

2 comentários:

Anjo Exterminador disse...

Mais grave ainda que a saída de Sá Pinto e as cenas de pugilato, é esta consequência trágica: Garção director desportivo! Já não se pode descer mais...

Pantera disse...

Qualquer cargo para o Garção é uma péssima opção! Pior é que, ainda se tratando de situação temporária (tudo bem), esta é até ao final da época (péssimo)! No final, se correr menos mal, a coisa passa a definitivo!