domingo, 2 de janeiro de 2011

Década II

Pegando no post anterior aqui fica a minha equipa da década. Confesso que tive alguma dificuldade em escolher defesas, por isso a opção pelo 3-4-3:

Guarda Redes: Ricardo Batista.

Defesas: Marían Had, Gladstone e João Paulo.

Médios: João Alves, Marcos Paulo, Angulo e Celsinho.

Avançados: Pongolle, Manoel e Mário Cáceres.

Suplentes: Timo Hildebrand, Mexer, Ronny, Tales, Pontus Farnerud, Yannick Pupo, Luís Loureiro, Bruno Caires, Alan Mahon, Caicedo, Purovic, Wender, Koke, Mota, Kirovski.

Treinador: Carlos Carvalhal

P.S.: Os critérios não reflectem a falta de qualidade absoluta de cada jogador, mas o critério da falta de qualidade/importância e do dinheiro gasto nestes últimos dez anos.

5 comentários:

Yazalde disse...

Ao menos nessa equipa abundam os avançados.
Também tive escassez de laterais...

MSM disse...

Mesmo não tendo a qualidade dos que figuram nesta lista, jogadores como o Nalitzis, o Kutuzov, o Pablo Contreras, o Luís Filipe e até mesmo o Pinilla deveriam receber um destaque especial pela sua fabulosa passagem em Alvalade.

Quanto ao treinador é que não concordo minimamente. Acho que esta constelação de estrelas merecia estar nas mãos do nosso treinador actual, apesar de só ter estado presente em 6 meses desta década que passou. É só o pior treinador do Sporting desde os tempos do Carlos Manuel.

Pantera disse...

Correcto, avançados parece ser mesmo o nosso forte! Muitos jogadores entraram numa primeira lista, mas depois foram apenas seleccionados os melhores :D

Alguns dos nomes referidos pelo MSM foram equacionados (excepção ao Kutuzov e Contreras), mas foram excluídos por exemplo porque:
- Nalitzis, só marcou 1 golo pelo Sporting, mas foi no 1-0 na meia-final da taça, que acabámos por vencer;
- Pinilla, entre outros golitos, fez o Hat-trick em Braga (3-0), jogo que alguns Rouloteiros foram ver;
- Bueno, chegou a fazer um Poker;
- Luís Filipe, este tirei-o à última hora. Esteve 3 anos no clube e marcou o primeiro golo no novo estádio (deve ser graças a ele que andamos com algum galo);

Relativamente ao treinador, o actual também era candidato, mas como a época ainda vai a meio, a esperança tirou-o da lista...

Anónimo disse...

Concordo plenamente com a lista, só colocaria a grande estrela o Rodrigo tiui, e para treinador punha o fabuloso Fernando santos esse sim o verdadeiro artista da causa perdida1
SL

Pantera disse...

Como referi, "os critérios não reflectem a falta de qualidade absoluta de cada jogador, mas o critério da falta de qualidade/importância e do dinheiro gasto nestes últimos dez anos.". Quero com isto dizer que, por exemplo, considero o Pongolle um jogador bem superior ao Tiuí, mas este último teve influência indiscutível na Taça de Portugal conquistada ao FCP. Só por isso não o incluí na lista.

Relativamente ao Fernando Santos, é que discordo totalmente. Não o ponderei porque lembro-me bem que com ele o Sporting fez 73 pontos! Sendo a 3ª melhor pontuação no período em que a vitória vale 3 pts e o campeonato tinha 18 equipas (desde 95/96 a 05/06 = 11 épocas). As outras duas vezes que fomos melhores foi em 99/2000 (77pts) e 01/02 (75 pts), curiosamente as que fomos campeões! No ano do Fernando Santos, lembro-me ainda que só perdemos 1 vez em casa para o campeonato (com o SLB no último jogo em casa), e não fosse essa derrota (qdo o campeonato já estava decidido) e o facto do Mourinho ser o treinador do FCP (campeão com 82pts), talvez o Fernando Santos não fosse assim tão mal amado. Concordo que por outro lado esteve muito mal na eliminação na Taça de Portugal em casa com o Setúbal na 5ª eliminatória, e na eliminação humilhante com o Gençlerbirliği na 2ª ronda da UEFA! Mas mesmo assim não o considero pior que estas 'pérolas' mais recentes!